top of page

O que fazer em Bangkok

Atualizado: 19 de jan.

Se estás a planear uma visita a Bangkok e queres saber mais sobre esta jóia do sudeste asiático, este artigo é o seu guia essencial! Vamos dizer-te o que fazer, as melhores regiões para ficares hospedado, como te deslocares, etc...


Bangkok, a capital da Tailândia, é uma das cidades mais vibrantes do Sudeste Asiático. Com uma população com mais de 10 milhões de habitantes, é uma das maiores metrópoles da região.


A cidade é famosa pelos seus templos, mercados flutuantes, comida de rua, vida noturna e centros comerciais modernos.


Neste artigo, vamos partilhar contigo várias dicas de forma a conseguires tirar o maior proveito desta cidade incrível!



Nota: neste artigo vais encontrar alguns links para diversas experiências. Todos eles são de confiança e se marcares alguma experiência através de um deles estás a ajudar-nos a rentabilizar o trabalho que temos neste projeto.

Como chegar do aeroporto ao centro da cidade

Para chegar ao centro da cidade desde o aeroporto internacional de Suvarnabhumi existem várias opções:


  • Airport Rail Link: É um comboio rápido que liga o aeroporto Suvarnabhumi à estação Makkasan no centro de Bangkok.

  • Táxi: À porta do aeroporto tens vários táxis disponíveis 24 horas por dia. Certifica-te que o taxímetro está ligado antes de iniciares a viagem. O tempo de viagem até o centro de Bangkok varia dependendo do trânsito, mas geralmente demora cerca de 30-60 minutos.

  • Autocarros: a opção mais barata para chegar ao centro. Partem a cada 20-30 minutos e a viagem pode demorar cerca de 45 minutos a 2 horas, dependendo do trânsito.

  • Transferes: Há uma vasta variedade de serviços de transferes privados que podes reservar com antecedência para te levar do aeroporto até ao centro da cidade.


Como te deslocares na cidade

Bangkok é uma cidade enorme, por isso para te deslocares por lá tens várias opções:


  • BTS skytrain: é um sistema de comboio elevado que cobre grande parte do centro da cidade. O preço varia consoante a paragem em que pretendes sair e podes comprar o bilhete na bilheteira ou nas máquinas automáticas que existem em todas as estações. Esta é uma ótima opção para fugir ao trânsito e é muito fácil de usar.

  • MRT Subway: o metro de Bangkok é um sistema subterrâneo que se conecta com o BTS. É, também, uma ótimo para evitar o trânsito da cidade.

  • Táxi/Grab: por toda a cidade há imensos táxis espalhados e com preços muito acessíveis quando comparados com os da Europa. Certifica-te que o taxímetro está ligado antes de partires. Podes também usar o Grab (equivalente ao uber da Europa) que te diz logo qual o valor que tens de pagar no final da viagem.

  • Tuk-tuk: uma das formas mais populares de te deslocares por Bangkok. Os preços são acessíveis e podes sempre tentar negociar o preço principalmente se no Grab estiver mais barato.

  • Autocarro: a forma mais barata de te deslocares por toda a cidade e aquela onde há menos turistas. Na verdade, apanhar autocarros em Bangkok não podia ser mais fácil, basta colocares no Google Maps para onde queres ir e ele diz qual o autocarro que tens de apanhar.


O autocarro foi o transporte que mais usamos para nos deslocarmos em Bangkok e adoramos a experiência. Mesmo não falando inglês toda a gente tentava ajudar sempre que precisávamos.


Onde ficar hospedado

Algumas das áreas mais populares para te hospedares em Bangkok são:


- Sukhumvit

Uma área movimentada e cheia de hotéis, restaurantes, bares e lojas. Oferece vistas incríveis para a cidade e tem fácil acesso aos transportes públicos.


Holiday Inn Sukhumvit: ficamos hospedados no Holiday Inn e gostamos muito. O hotel tem piscina, ginásio e restaurante. No 29º piso fica o Maya Café que tem um menu indiano divinal e uma vista panorâmica para a cidade. Foi o nosso 1o jantar em Bangkok e adoramos. O Holiday Inn Sukhumvit foi a escolha ideal para descansar depois de uma longa viagem de dois dias.



- Khao San Road

A área mais famosa entre mochileiros e com os preços mais acessíveis, é conhecida pela vida noturna agitada, lojas e vendedores ambulantes.


Lamphu house: ficamos nesta região para ficar mais perto dos templos que queríamos visitar. Esta guesthouse fica próxima da Khao San Road mas com todo o sossego necessário para uma boa noite de sono.


- Riverside

Esta área é conhecida por ter muitos hotéis de luxo e resorts ao longo do rio Chao Phraya. É uma área muito central localizada perto do Grande Palace, Wat Arun, Asiatique e ICONSIAM. A vista da região é incrível, especialmente à noite, com os edifícios iluminados.


Quantos dias ficar

O tempo ideal para visitar Bangkok varia de acordo com as preferências de cada um e também com o tempo disponível.

No geral, recomendamos 3 a 4 dias para explorar as principais atrações da cidade, como o Grand Palace, Wat Pho, Wat Arun, Chinatown, Khao San Road, etc…



O que fazer em Bangkok

Bangkok é uma cidade enorme, cheia de coisas para ver e fazer. Podes optar por ir por ti a cada um dos sítios ou, por exemplo, fazer uma tour por vários templos ou visitar os mercados mais famosos da cidade.



The Grand Palace

O Grand Palace é uma das principais atrações de Bangkok. É conhecido pela sua arquitetura deslumbrante e detalhes decorativos. É aqui que se encontra o Wat Phra Kaew, um dos templos mais importantes da Tailândia.


O bilhete de entrada custa 500 bath. Se quiseres saber mais sobre a história deste local, recomendamos que faças uma tour, que visita vários templos. Podes reservar através do GetYourGuide, aqui.


Atenção: Deves ter atenção ao vestuário, é obrigatório ter os joelhos e ombros cobertos.


Wat Pho

Este templo é famoso pela sua enorme estátua do Buda Reclinado. Esta estátua mede 46 metros de comprimento e 15 metros de altura.

Os detalhes do templo são muito bonitos e achamos que vale a pena a visita! Nós visitámos ao final da tarde, perto da hora de fechar e estava relativamente tranquilo.


O templo tem a sua própria escola de massagem tradicional tailandesa, e os visitantes podem desfrutar destes serviços.


O bilhete de entrada é 200 bath.



Wat Arun

Também conhecido como Templo do Amanhecer é um dos templos mais impressionantes de Bangkok.

É facilmente reconhecido pela sua impressionante torre decorada com porcelana colorida e vidro.


Fica localizado na margem do rio Chao Phraya, por isso mesmo, a forma mais fácil de lá chegar lá é apanhar um barco no lado oposto do rio. Tem o custo de 5 bath e a viagem demora menos de 5 minutos.


O preço do bilhete de entrada no templo é 100 bath.


Wat Arun
Pôr do sol no Wat Arun
A nossa Dica: o melhor pôr-do-sol que vimos em Bangkok foi com o Wat Arun de fundo. Por isso, recomendamos que num dos dias vás até à margem do rio oposta ao Wat Arun (podes pesquisar no Google Maps por “The Deck by Arun Residence) para assistires a este pôr-do-sol.

Fazer compras nos mercados/shoppings

Bangkok é um paraíso para quem gosta de fazer compras! Tem imensoooos mercados e shoppings espalhados por toda a cidade!


Podes visitar o Pratunam Market, o Asiatique The Riverfront, o The Platinum Fashion Mall, o Central World, ICONSIAM, o MBK Centre, Siam Centre, etc... Ou então fazer como nós e tentar ir a todos! Muitos destes shoppings ficam localizados na mesma zona, então muitas das vezes estavamos a sair de um e a entrar noutro quase sem nos apercebemos. Alguns deles são especializados em certas áreas, como é o caso do MBK Centre que vende artigos eletrónicos (foi aqui que comprámos o nosso tripé quando nos apercebemos que chegou partido da viagem).


O Asiatique The Riverfront é um mercado noturno muito visitado na margem do rio Chao Phraya. Lá encontras várias opções de restaurantes, lojas locais, massagens e muito entretenimento. Para chegar lá tem de ser de barco, podes apanhá-lo no pier da estação "Saphan Taksin" e é gratuito.


O Chatuchak Weekend Market é um mercado que acontece ao sábado e é um dos maiores mercados do mundo com mais de 15.000 barracas!

Aqui vais encontrar de tudo um pouco, desde roupas, acessórios, artesanato, souvenirs, alimentos, plantas... Resumindo, uma grande variedade de produtos a preços acessíveis!



Mercados flutuantes e ferroviário

O Mercado Flutuante de Damnoen Saduak é um mercado tradicional onde os vendedores vendem produtos nos barcos ao longo de um canal.

É um ótimo lugar para comprar algumas comidas, roupas e souvenirs exclusivos.


O Mercado Ferroviário de Maeklong é um mercado feito sobre uma linha do comboio ativa. Quando o comboio se aproxima os vendedores rapidamente recolhem as suas mercadorias e abrem espaço para que o comboio possa passar. Logo após a passagem, voltam a colocar tudo nas barracas e o mercado volta a sua animada normalidade.


Podes comprar o bilhete para ver estes mercados aqui.


Khaosan Road

Esta é uma rua muito popular entre mochileiros e turistas, com muitos bares, restaurantes e lojas.


A rua durante a manhã/tarde é bastante calma e parece apenas uma rua normal. Contudo, ao fim-da tarde começam a aparecer diversas barracas de comida de rua, venda de diversos artigos e os cafés/bares começam a abrir.

Um pouco mais tarde, a loucura começa, e rapidamente a rua enche-se de pessoas, de vendedores, de funcionários de bares a tentar angariar clientes e música muito alta pelo meio.


A nossa experiência: No geral, não achamos os funcionários demasiado insistentes (pelo menos connosco), bastou dizer “no, thank you” com um sorriso e seguir caminho, se não quiserem entrar nos bares.



Fazer uma massagem tailandesa

Por toda a cidade encontras vários lugares onde podes fazer uma massagem tailandesa. Esta massagem é diferente das massagens de relaxamento, pois utiliza pontos de pressão e alongamentos de forma a proporcionar uma sensação de leveza e bem estar.  


Além disso, tens outros tipos de massagens como massagem aos pés, pés e costas, há opções para todos os gostos.

Nós fizemos uma massagem aos pés que soube muito bem, depois de já termos percorrido grande parte da cidade de Bangkok. 


Os preços são muito acessíveis, aproveita!


Subir a um rooftop

Em Bangkok, existem imensos rooftops nos prédios mais altos da cidade, ideal para ver o pôr-do-sol ou beber um copo depois de jantar.


O mais conhecido é o Sky Bar na Lebua State Tower que ganhou imensa fama depois de ter aparecido no filme A Ressaca 2. Este rooftoop fica na àrea de Riverside, no 63º piso de um edifício.

A maior parte dos rooftops tem dress-code, entrada paga ou consumo mínimo.


Aconselharam-nos a ir ao Tichuca Rooftop Bar e foi esse que escolhemos. Fica na região de Sukhumvit, no 46º piso do edifício T-One. A entrada é gratuita, não tem dress-code nem consumo mínimo obrigatório.

A maior atração deste rooftop, para além da vista para a cidade, é a árvore de leds, que durante a noite fica incrível, a esvoaçar ao sabor do vento com música de fundo!



A nossa dica: quando entrares no rooftop, vira à esquerda e vais encontrar umas escadas que vão levar-te um piso mais elevado, com uma vista de 360° sobre a cidade.


Chinatown

A Chinatown de Bangkok é outra das áreas mais movimentadas da cidade. Fica na Yaowarat Road, onde encontras várias lojas tradicionais, barracas de rua e imensos painéis LED, que lembram as ruas típicas da China. Nos arredores desta rua, também tens vários templos chineses.


Recomendamos que vás perto da hora do jantar. Nós fomos nesse horário e estava muito animado!


Importante: A Chinatown fecha às segundas-feiras.



Lumpini Park

O Parque Lumpini é um grande parque público no centro de Bangkok.


Este parque tem uma particularidade e, por isso, achamos que pode ser interessante acrescentá-lo no teu roteiro.

O parque é a casa de muitos lagartos gigantes, chamados lagartos-monitor. Estes répteis andam livremente pelo parque; eles são inofensivos, mas respeita o espaço deles. Por vezes, podem estar escondidos dentro do lago, mas é sempre possível vê-los por lá.


O parque tem imensas sombras e é ideal para dar um passeio num espaço verde no centro da cidade.


Lagarto gigante no Lumpini Park
Lagarto gigante a passear pelo parque

Viagens de um dia a partir de Bangkok

Bangkok tem uma incrível rede de transportes que liga a cidade a todo o país. E a partir daqui podes fazer viagens de um dia para fora da cidade.


Ayutthaya

A partir de Bangkok, podes fazer uma viagem de um dia até à famosa cidade de Ayutthaya, património mundial da UNESCO.


Esta cidade foi destruída pelo exército birmanês, por isso, os templos estão praticamente em ruínas. É possível ver a natureza a apoderar-se destas ruínas, com as raízes de enormes e antigas árvores a tomar conta destes templos.

É impressionante e de uma beleza totalmente diferente dos templos de Bangkok.


Muitos têm entrada gratuita ou uma pequena quantia para entrar.


Podes fazer uma tour para visitar Ayutthaya a partir de Bangkok.


Ancient city

Neste complexo, podes encontrar várias réplicas de diversos templos e edifícios históricos da Tailândia num só espaço. Alguns têm o tamanho original; outros estão representados numa escala de 1:3.

É o lugar ideal para quem tem pouco tempo para visitar a Tailândia e tem curiosidade em conhecer vários templos.


Este complexo é bastante grande, por isso é recomendável alugar uma bicicleta ou um carrinho de golfe ou um carro para o explorar. Nós alugamos o carrinho de golfe e foi uma ótima opção. Estavam 40ºC e foi mais rápido e confortável para nos deslocarmos.


A entrada no complexo custa 19€, mas se usares o nosso link, fica por 10€. O carrinho de golfe custa 350 Bath na 1ª hora, e é acrescentado 100 baths por cada hora extra.




Bangkok é uma cidade cheia de vida, onde o caos organizado reina. Adoramos tanto conhecer a cidade, que estivemos lá duas vezes!


Se tiveres tempo, recomendamos que fiques uma semana para absorver tudo o que esta cidade tem para oferecer.


A melhor dica que podemos dar-te é ficar hospedado em zonas diferentes de maneira a chegares mais rápido aos vários locais de interesse.


Não te esqueças do seguro de viagem!

Viajar é uma experiência emocionante, cheia de aventuras e momentos inesquecíveis. No entanto, é essencial estar preparado para qualquer imprevisto durante a tua viagem. É aí que entra o seguro de viagem, um aliado indispensável para garantir tranquilidade e segurança enquanto exploras novos destinos. O seguro que nós usamos é da IATI Seguros!


Esta tem imensos tipos de seguro de viagem consoante o teu tipo de viagem e diversas coberturas. Além disso, ao adquirir o seguro através do nosso link, garantes um desconto especial de 5%. Não deixes que imprevistos estraguem a tua aventura!


Clica aqui para obter o teu desconto.

travel insurance

Kommentare


bottom of page